Learn How to Help Animals
Stop Animal Testing
blogs SAPO

.Mais sobre mim

.subscrever feeds

.Pesquisar neste blog

 
Terça-feira, 28 de Agosto de 2012

Cães perigosos ou donos irresponsáveis?


 

Na semana passada uma mulher foi morta em Matosinhos por um cão considerado de raça perigoso(raçado de leão da Rodésia e pitbull), cão esse que pertencia ao filho que estava numa ausência prolongada, isto depois de uma bebé de 20 meses ter sido também morta por um cão que pertencia aos pais no Porto.

Um cão pode ser o nosso melhor amigo, mas pode ser perigoso para quem não conhece, ou até para o dono caso não tenha tido o acompanhamento e treino devido desde cachorro, e os cães de raça perigosa, especialmente esses têm de ter esse treino e acompanhamento diário e adequado deste cachorros, de modo a tornarem-se sociáveis e controláveis, e isso não sucedendo dá origem a estas situações lamentáveis.

Infelizmente muitas pessoas adquirem os cães para satisfazerem a sua vaidade, descurando a forma de educar e tratar cães de raças perigosas, e pior ainda, fecham-nos em apartamentos, há cães que conseguem suportar bem essa situação, outros precisam de espaço e liberdade de modo a serem comportamentalmente saudáveis.

As pessoas têm de entender que um cão verdadeiro, não é um cão de porcelana, cada um tem a sua personalidade, e dela depende a educação e treino que se terá de dar, de modo a se tornar no seu melhor amigo, e não numa potencial arma.

Quando estas situações acontecem os culpados não são os animais, mas sim os donos irresponsáveis, e defendo que essas pessoas devem ser fortemente penalizadas, por colocarem a sua e principalmente a vida dos demais cidadãos em perigo, ter um cão é uma responsabilidade muito grande, se não a possuem ou não estão dispostos a investir no animal façam um favor, deixem-se de vaidades e não os tenham.

A arma mais perigosa do mundo, é a vaidade humana!
Publicado por Miguel às 10:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 22 de Abril de 2012

O caçador que foi caçado...

 Esta semana estoirou uma polémica que me faz lembrar as eras mediavais, onde reis gordos e vaidosos viviam rodeados dos mais exóticos luxos, enquanto empobreciam o povo através de altos impostos, que ia morrendo de fome.

 Pois é, o rei gordo é o rei de Espanha, Juan Carlos, esta besta real foi apanhada em África a caçar elefantes, o rei  já não se contenta com coelhos ou veados, isso é para os pobres, para ele é tudo à grande, venha então de lá o maior animal terrestre do planeta.

 

  Se isto já era motivo para lhe chamarmos certos nomes feios, sendo o mais educado, vaidoso, eis que o animal real, decide fazer esta brincadeira milionária, numa altura em que a Espanha apresenta um elevado déficit público e desemprego( metade da população jovem está sem trabalho), pois quem paga a factura das loucuras desta personagem é o povo espanhol que vive sérias dificuldades.

 Mudaram-se os tempos, permaneceram os hábitos, mas que interesse tem a existência ainda da monarquia? Mais porque razão , são os contribuintes a pagar a vida regalada destas personagens? Se o titulo que ocupam lhes é atribuido por deus, então que seja a igreja a pagar, em vez de receber pelas mentiras que espalha, devia era começar a pagar...

 Mas a polémica não fica por aqui, e podemos juntar às dezenas de nomes feios que lhe já chamamos, hipócrita, grandessícimo hipócrita.

 Sua besta real é o presidente honorário da filial espanhola do fundo mundial para a natureza(WWF), e nada mais revelador de um carácter falso e hipócrita, que um presidente de uma associação ambientalista, ir caçar elefantes.

 Para quem não sabe é ilegal caçar elefantes em quase todos os países africanos, em alguns nem sequer existem leis ambientalistas, outros permitem legalmente a caça limitada, sobretudo a animais mais velhos de forma a que as populações não sejam esgotadas. A intenção é angariar fundos através das dispendiosas licenças necessárias para o efeito, sendo depois canalizados esses montantes para apoiar os esforços de conservação da espécie.

 Pessoalmente sou bastante céptico sobre isso, penso que essa informação divulgada aos media, não passa de falsa propaganda, de forma a camuflar um passatempo de certos milionários, que usam o marfim desses animais como troféus nas suas salas de estar, tendo ao lado as fotos de tamanha barbaridade, como fonte de inesgotável vaidade.

 Segundo a união internacional para a conservação da natureza e dos recursos naturais(UICN), todas as espécies de elefantes, são consideradas como espécies em vias de extinção, a procura do marfim tem levado ao declinio dramático das suas populações.

 O rei "senil", já veio a público pedir desculpas pelo ocorrido, afirmando que não voltará a suceder, era o mínimo que podia fazer, tentando assim apaziguar as manifestações contra si, mas a vergonha não é nenhuma, e continuará no seu poleiro a alimentar-se do esforço do povo espanhol.

 Viva el Rey!

Publicado por Miguel às 22:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Posts recentes

. Cães perigosos ou donos i...

. O caçador que foi caçado....

. Gaiola de Alvalade...

. Sporting, o eterno ofendi...

. Uma questão de egos...

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Tags

. todas as tags